Qual concurso mais fácil de ser aprovado?

Êta que pergunta complicada! Alguns imaginam que seria um concurso que exigisse apenas o nível fundamental, outros pensam que os mais fáceis são os concursos que têm muitas vagas e ainda há pessoas que acreditam que o concurso mais fácil de ser aprovado é aquele que tem poucos concorrentes.

Essas ideias não estão totalmente erradas, mas existe um fator que influencia mais na sua aprovação do que o nível de escolaridade exigido no concurso, o número de vagas ou o tamanho da concorrência. Sabe qual é? Sua vontade de ser aprovado!

Imaginemos que a Polícia Militar do seu Estado abra um concurso que exija apenas o nível médio, tenha mais de 2 mil vagas e seja pouco divulgado.

Este concurso teria todos os ingrediente para você ser aprovado. Acontece que você faz a prova e advinha só... é reprovado!

Você acha que é burro, que nunca conseguirá ser aprovado em nenhum concurso. Imagina que não nasceu para isso. Mas, pelo menos dois fatores podem ter contribuído para a sua reprovação:

O primeiro deles é que talvez você não teve sorte. Sorte? Sabe o que é sorte? É a combinação de circunstâncias ou de acontecimentos que influem de um modo inevitável. Sorte é quando a sua preparação se encontra com a oportunidade. E quanto mais você estuda, mais você terá sorte!

A oportunidade apareceu, mas você não aproveitou, pois não estava preparado. E quando eu falo preparado, não quero dizer apenas tecnicamente. Talvez seu emocional não estava preparado e portanto sua mente te auto sabotou. Você gerou pensamentos, que criaram sentimentos que resultaram numa falta de confiança ao ponto disso ter contribuído para sua reprovação.

O segundo fator, e este responde ao questionamento do título desta postagem, é que o concurso mais fácil de ser aprovado é aquele que você deseja muito. Talvez ser policial não fosse seu sonho, ou você só estava querendo fazer o concurso pela questão financeira, ou ainda por estar desempregado e precisar urgentemente de uma estabilidade empregatícia.

Então, apesar do concurso ter sido relativamente fácil, os motivos que te fizeram estudar não eram fortes o suficiente para romper as amarras e ultrapassar todos os obstáculos que um concurseiro enfrenta na sua rotina de estudo.

Não estou dizendo que dinheiro não possa ser motivação, o que quero dizer é que esta não pode ser a única motivação, pois é algo que pode ser conquistado mais rapidamente de outras maneiras mais fáceis do que estudando para um concurso.

Nosso cérebro é uma estrutura complexa e todos os nossos pensamentos são refletidos em nossos comportamentos e consequentemente geram resultados positivos ou negativos.

Talvez o fato do concurso aparentar ser fácil te prejudicou, pois você realmente acreditava que passaria tranquilamente. E talvez não tenha se preparado o suficiente.

Já fui reprovado em concursos que aparentemente eram muito mais fáceis e pagavam bem menos do que concursos mais concorridos em que fui aprovado depois. Então esqueça essa história de que esse concurso é mais fácil ou mais difícil. Cada concurso é uma história e tudo dependerá da sorte (preparação + oportunidade).

Desânimo, preguiça e falta de tempo são apenas três das milhares de desculpas que encontramos quando não estamos definitivamente motivados para fazer algo.

Mas cuidado! Costumo falar que só conhecimento não basta, como também só motivação não é suficiente. Você deve casar estes dois ingredientes e assim conseguirá, com certeza, ser aprovado no concurso que você realmente deseja.

Este artigo foi um pouco extenso, mas eu precisava esclarecer esses detalhes.

Hoje não teremos vídeo, mas reflita no que eu escrevi.

Boa sorte e bons estudos!

Receba gratuitamente por email dicas para passar em concurso público!

Copyright © desde 2007. Josué Mota .Todos os direitos reservados

Esta é a área deslizante inferior. Você pode editar este texto e também inserir qualquer elemento aqui. Este é um bom lugar se você quiser colocar um formulário de opt-in ou uma contagem regressiva escassez.